Novidades

Notícias

27/09/2021

Creral inicia adequações para receber energia comprada no leilão

Compartilhe:

Novos equipamentos e medidores já foram adquiridos, conforme a gerência técnica a expectativa é de estar tudo pronto até novembro

 

         A partir de janeiro de 2022, a Creral passa a receber a energia que foi adquirida no leilão, realizado em outubro do ano passado, por isso, a cooperativa está efetuando as adequações necessárias nas suas medições, onde hoje recebe a energia elétrica, por parte da concessionária RGE.

         O vice-presidente da Creral, Umberto Toazza, explicou que as mudanças nos equipamentos das medições precisam ser feitas porque “atualmente compramos energia da RGE, medimos os volumes que chegam e entregamos aos associados, no final do mês, assim como o associado nos paga o que consumiu, nós pagamos o que foi comprado da concessionária, então os equipamentos de leitura que estão nas medições são de propriedade da RGE, como não compraremos mais a energia deles, precisamos instalar equipamentos nossos para fazer esse monitoramento”.

 

Nova forma de comprar energia

         Com essa mudança na forma de comprar energia, o gerente técnico da Creral, Roberto Perin, ressalta que cooperativa usará apenas a rede da concessionária para receber a energia comprada no mercado livre. “Então a partir de janeiro, o medidor utilizado será da cooperativa, que passará a ser a responsável pela qualidade da medição, bem como seus equipamentos e certificação”, explicou Perin.

         Para manter a qualidade da energia fornecida ao associado, a Creral está substituindo os equipamentos antigos por novos, que atendem todas as orientações da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), que passará a monitorar a energia recebida. Perin destaca que “como as medições serão monitoradas pela CCEE, é preciso que nossos 15 pontos tenham comunicação online, no caso da Creral com sinal de fibra ótica pra que as informações sejam entregues à Câmara, uma vez que a legislação exige que o monitoramento seja feito de hora em hora, diariamente.”

         A cooperativa contratou uma empresa, reconhecida pelo Inmetro, para verificar e atestar se os equipamentos estão dento das normas, essa etapa deve ser concluída até dezembro deste ano, para que seja possível receber a energia adquirida.

         “Para que todas as exigências sejam atendidas, nós já compramos os equipamentos e medidores novos, nossas equipes já estão visitamos e verificando o que é preciso fazer em cada medição, e já iniciamos as adequações e instalações do sistema nesses pontos, a expectativa é que até novembro, ou seja um mês antes do prazo final estipulado, esteja tudo pronto”, fala Perin.

 

Mais facilidade no monitoramento da qualidade da energia    

         Perin destaca que essa troca de equipamentos nas medições irá melhorar a forma de acompanhar como a energia chega até à Creral, e também ao associado. “ A partir dessa mudança, se houver alteração na rede, seremos informados instantaneamente, tudo de forma online, agilizando o atendimento”, diz.

         Toazza finaliza destacando que, além da diferença no valor, o associado também vai notar melhorias na qualidade da energia. “Com certeza, tanto para a Creral, quanto para o associado a resposta nos atendimentos será quase que imediata, e nossa área técnica está se empenhando para deixar tudo resolvido antes do prazo e fornecer cada vez mais energia e atendimento de qualidade”.

Compartilhe: